...

MAIS ANOS OITENTA...

1987- Ao mesmo tempo em que eu fazia ilustrações para capas de coletâneas de Black Music, Dance Music e outros tipos de Music, fiz essa do Luiz Gonzaga, feita com lápis de cor sobre papel kraft. A tarja com as músicas foi nanquim raspado sobre guache branco em cartão para simular uma xilogravura e depois aplicada no fotolito.


1985- O produtor desse LP me sugeriu que, pra fugir da mesmice das capas de equipes de som, eu desenhasse um surfista(!!!) em cima de um disco. Eu disse que estava a fim de desenhar um astronauta(!!!). Ele achou ótimo e pediu pra misturar as duas idéias. Deu nisso... Lembro que, na época, eu senti o maior orgulho desse trabalho.


1985- Sem tempo pra achar referências fotográficas, tive que inventar uma vista aérea de Nova York. Lembro que eu usei papel cartão recortado em curvas para traçar as linhas dos prédios em perspectiva. O logotipo poderia ser bem melhor...

1985- O Stress é considerada a primeira banda de Heavy Metal a gravar um LP no Brasil. Como o nome do disco era Flor Atômica" fiz uma explosão nuclear no meio do Pará, estado de origem da banda. A ironia é que os raios foram literalmente roubados de uma capa do The Cars, banda da New Wave, nada a ver com Heavy Metal. Não gosto desse trabalho hoje e nem mesmo na época em que fiz. Nem gosto de Heavy Metal, mas, como diz o ditado, alguém tinha que faze-lo...

Um comentário:

  1. Prezado Mário Bag, faltou colocar aí a capa do LP do Ivan Lins em que ele comemorava 20 anos de parceria com Gilson Peranzetta e Vitor Martins.

    Aquele da garrafa de vinho...

    Abs.
    André

    ResponderExcluir